Florianópolis (SC) – Procissão Senhor dos Passos espera há três anos o título de patrimônio cultural brasileiro


Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Mais antiga manifestação religiosa de Santa Catarina, a Procissão Senhor dos Passos, cuja 251ª edição acontece em abril em Florianópolis, espera há três anos ser reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). De acordo com Rogério Laureano, coordenador do evento, a última notícia foi que o processo estava parado, mas, segundo o Iphan, vai demorar pelo menos mais um ano para ser concluído. Este ano, a procissão acontece nos dias 1º e 2 de abril.

Laureano conta que formará uma comissão para visitar segunda-feira a superintendência do órgão em Florianópolis e saber o que mais precisa para a análise. A procissão já é considerada Patrimônio Cultural Imaterial de Santa Catarina, segundo decreto n° 2.504 de 2006. O coordenador afirma que o reconhecimento nacional ampliaria a visibilidade do evento e do turismo de Florianópolis, como também contribuiria para ajudar o Hospital de Caridade — onde fica a Capela do Menino Deus que abrigou a imagem do Senhor Jesus dos Passos em 1764, ano que a escultura chegou a Florianópolis.

— A Procissão Senhor dos Passos é um dos maiores eventos de fé do Brasil. Estamos seguindo o exemplo do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, que hoje já é patrimônio cultural. Hoje a procissão de Florianópolis só perde em público para o Círio e para as homenagens ao Padre Cicero, em Juazeiro do Norte — afirma Laureano.

Procurado pela reportagem da Hora, o Iphan afirma que falta ainda a complementação do material que serve para comprovar o caráter cultural da procissão. De acordo com a assessoria de imprensa do instituto, os técnicos acompanharam todas as edições do ato desde 2012 reunindo depoimentos, fotografias, vídeos e bibliografia. Esse material foi analisado na 31ª reunião da Câmara Técnica do Patrimônio Imaterial em novembro do ano passado, mas foi considerado insuficiente para ser avaliado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que é responsável pelo parecer.

“Desse modo, foi feito novo encaminhamento para complementação da pesquisa, que deve ser conduzida ao longo de 2017, conforme previsto no planejamento de ações e recursos do Iphan/SC para o ano”, explicou a assessoria em nota.

Tradição e história

A Procissão Senhor dos Passos acontece desde 1766 sempre 15 dias antes da Páscoa. Em 2016, mais de 60 mil pessoas acompanharam os dois dias de cortejo à imagem do Senhor Jesus dos Passos. A tradição começou dois anos depois de a escultura chegar a Florianópolis. Esculpida em madeira, a estátua deveria ter sido entregue a uma igreja em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, no Rio Grande Sul.

O barco que a levava parou por aqui para abastecer, mas não conseguiu seguir viagem em decorrência de fortes tempestades. Foram três tentativas sem sucesso. Com isso, a tripulação acreditou que se tratava de um sinal divino e que a imagem deveria permanecer em Florianópolis.

A estátua representa a primeira queda de Jesus a caminho do Calvário. Em tamanho natural, mostra Cristo ajoelhado no chão segurando a cruz no ombro esquerdo. Ele usa uma túnica roxa com bordados dourados. A imagem preza pelo realismo, mostrando o sofrimento de Jesus. Os cabelos até hoje são cuidados por um cabeleireiro, além disso, uma estilista confecciona as roupas usadas pela imagem.

Réplicas são expostas nas paróquias
Para democratizar a devoção pelo Senhor Jesus dos Passos, a Arquidiocese de Florianópolis distribuiu algumas réplicas pelas paróquias da cidade. Veja quais são elas:

— Catedral Metropolitana – Centro;
— N. S. do Desterro e Alexandria – Centro;
— Igreja São Francisco – Centro;
— Igreja Nossa Senhora de Lourdes e São Luís – Agronômica;
— Igreja da Santíssima Trindade – Trindade;
— Capela Militar Cristo Rei – Trindade;
— Templo Ecumênico do Campus da UFSC – Trindade;
— Igreja de São Francisco Xavier – Monte Verde;
— Igreja Santo Antônio – Santo Antônio de Lisboa;
— Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe – Canasvieiras;
— Santuário do Sagrado Coração de Jesus – Ingleses;
— Igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição – Lagoa da Conceição;
— Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus – Prainha;
— Igreja da Boa Viagem – Saco dos Limões;
— Igreja João Maria Vianney – Rio Tavares;
— Capela Santa Catarina de Alexandria do Colégio Catarinense – Centro;
— Santuário de Nossa Senhora de Fátima – Estreito;
— Igreja Nossa Senhora do Carmo – Coqueiros;
— Igreja Santo Antônio – Campinas – São José;
— Igreja São João Batista e Santa Luzia – Capoeiras

Programação – 251ª Procissão do Senhor dos Passos
Dia 26 de março – Domingo
8h – Missa de Investidura de Novos Irmãos e Irmãs
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Dia 29 de março – Quarta-feira
19h – Missa e Bênção do Santíssimo Sacramento
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Dia 30 de março – Quinta-feira
9h – Missa e Administração do Sacramento da Unção dos Enfermos
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

19h – Missa e Bênção do Santíssimo Sacramento
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Dia 31 de março – Sexta-feira
19h – Missa e Benção do Santíssimo Sacramento
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Dia 1º de abril – Sábado
7h30 – Missa e Procissão do Carregador
18h – Missa em honra do Senhor Jesus dos Passos
20h – Transladação das imagens do Senhor Jesus dos Passos e de Nossa Senhora das Dores da Capela Menino Deus para a Catedral Metropolitana
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Dia 2 de abril – Domingo
9h30 – Missa na Catedral Metropolitana com a participação do Senhor Jesus dos Passos
Local: Catedral Metropolitana de Florianópolis
16h – Procissão do Encontro das imagens do Senhor Jesus dos Passos e de Nossa Senhora das Dores e Sermão do Encontro
Local: Capela Menino Deus da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos e Imperial Hospital de Caridade

Por Carol Passos

Fonte original da notícia: Diário Catarinense